DIA

Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

Colunista Ariel Villanova - Notícias das Redes Sociais e das Celebridades de 20 de julho

A cantora Perlla utilizou o seu perfil do Facebook, nesta terça-feira (18), para pedir desculpas à comunidade GLS, após ser detonada por anunciar que fará shows em boates LGBTs pelo Brasil. À cantora evangélica, dona do hit “Eu Vou”, havia anunciado que está retomando a carreira e que vai voltar a cantar funk e pop.

A funkeira recebeu uma enxurrada de críticas, noticiadas aqui, porque foi lembrado que, no passado, ela fez postagens contrárias ao público LGBT, dando apoio, inclusive, em 2013, ao deputado federal Marco Feliciano, defensor da chamada “cura” gay.

“Sempre tive amigos assumidamente gays, e essa relação foi e sempre será de muito carinho independente do estilo musical que eu canto! Minha fé nunca me afastou das pessoas que gostam da minha música e que me acompanham desde meu primeiro sucesso. Ninguém envolvido com política me representa! Há tempos atrás em minhas redes foi postada uma foto contra este movimento, ainda que eu não compactuasse com este pensamento”, iniciou a morena no vídeo.

“Me sinto confortável vivendo essa realidade aqui, a realidade que sempre me fez feliz. Perto das pessoas que amo, vivendo a minha verdade. Sem fazer acepção de pessoas ou tolher o direito de cada um de viver da forma que ama”, continuou.

A cantora concluiu, em sua declaração: “Peço desculpas ao público LGBT que postagens do passado os tenham ofendido. Mesmo que não tenham partido de mim, foram publicadas em minhas redes e eu mesmo contrariada sou responsável por isso. Mas vocês melhor do que eu sabem o que é viver um preconceito e muitas vezes nos permitimos viver situações apenas para não sermos excluídos. Mas agora eu me posicionei. E nada e ninguém me manterá afastada do que amo e dos que amo!!Conto com vocês para disseminar a alegria!!”. Será que convenceu?


Foto : Jornal Extra





FUNCIONARIA DO EXTRA GANHA INDENIZAÇÃO POR STRESS


A Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) concedeu a uma atendente do Extra, empresa que faz parte da Companhia Brasileira de Distribuição indenização no valor de R$ 20 mil devido ao quadro de depressão desenvolvido por ela enquanto trabalhava no estabelecimento. Segundo o site IG, e de acordo com informações do TST, a operadora afirmou ter desenvolvido doenças psicológicas ao longo de seu trabalho no setor de trocas da rede varejista, onde agressões verbais eram frequentes por parte dos clientes, que em muitos casos, tentavam realizar trocas de produtos fora do prazo de garantia. 

Segundo a trabalhadora, houveram ocasiões onde clientes insatisfeitos atiraram objetos em sua direção e tentaram agredi-la. A funcionária ressaltou ainda que nenhuma medida foi tomada pelo hipermercado, que não dispunha de segurança exclusiva para o setor. 
A empregada também alegou que seu quadro psicológico foi agravado após denunciar, juntamente de uma colega, algumas irregularidades cometidas por outros funcionários do setor onde trabalhava, o que ocasionou na demissão dos mesmos. 

A partir desse episódio, a mulher passou a ser advertida com mais frequência pela gerente, além de receber telefonemas anônimos com agressões e ameaças. Com isso, o juízo da 2ª Vara do Trabalho de Santos (SP) condenou o hipermercado a pagar R$ 20 mil de indenização e a responder pelos honorários médicos da operadora. 

Imagina vc receber um liquidificador ou uma torradeira pela cara de um cliente insatisfeito? Deve ser ruim não é?


Fonte : IG




ATRIZ DEIXA O BRASIL PARA MORAR NOS ESTADOS UNIDOS



Carolina Dieckmann abriu o jogo sobre o seu afastamento das telinhas para o jornalista Leo Dias, no “Fofocalizando”. A loira, que está vivendo nos Estados Unidos, desde o ano passado, revelou o motivo de ter deixado o Brasil.

“Deixei [o Brasil] por amor. Só acredito na vida por amor, amor aos meus filhos, amor pelos meus amigos, pelo meu marido. Sou apaixonada pelo meu marido e pela minha história com ele, não faz sentido eu não estar com ele. Não larguei o país porque venho todo mês, tenho um filho morando aqui ainda, não sei se o Davi ele vai porque vai fazer faculdade agora, mas realmente acho que a gente tem que viver um dia após o outro. Minha carreira está acontecendo, consegui filmar nos três primeiros meses ‘Treze Dias Longe do Sol’, que estréia em janeiro na Globo. Sinto falta de pão francês, que lá não é tão gostoso, e sinto muita falta do meu filho e dos meus amigos”, disse a atriz.

Ao ser questionada se tivesse que escolher entre a carreira e o marido, Carolina foi enfática: “Não é entre o amor e a carreira, se tiver que escolher entre não ser feliz e ser feliz, eu escolho ser feliz”, disse ela que pode ser vista atualmente na reprise de “Senhora do Destino” na Globo e de “Por Amor”, no canal Viva.

Colaborou: Paulo Freitas





.......OI.......VOLTE LOGO QUE ESTAMOS ATUALIZANDO DE 1 EM 1 HORA