DIA

Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

Colunista Ariel Villanova - Quadro Rádio Ondas FM - Notícias das Redes Sociais de 02 de Abril

Após ter arranhado sua reputação com internautas ao indicar Gleici ao paredão a pedido de Patrícia, Kaysar se vê novamente em maus lençóis com o público nas redes sociais.

O líder, que já havia escolhido colocar Wagner na berlinda, precisou desempatar os votos da casa e acabou optando pela família Lima. Em sua justificativa, o sírio disse que não era “muito próximo” a Ana Clara.

Foi o suficiente para a galera sair em defesa da jovem e do pai dela, Ayrton, e detonar para valer Kaysar, que foi chamado por muitos de “traidor”, "falso" e “embuste”.

“Esse paredão foi a última pá de terra que faltava pro Kaysar, na minha opinião”, avaliou internauta no Twitter. “Kaysar adora entregar o prêmio dele pra outras pessoas”, acrescentou outro. “Mais falso que…”, brincou mais um ao postar nota de R$ 3,00 com o rosto do sírio estampado.

LUQUE SEPARANDO

Marco Luque está separado de Flavia Vitorino. A informação foi confirmada pela assessoria dele ao UOL nesta segunda-feira (2). Os dois estavam casados desde 2010 e são pais de Isadora, de 7 anos, e Mel, 5. Flavia casou com o humorista em novembro, aos seis meses de gravidez, no Terraço Itália, em São Paulo. Dono da produtora Macatranja, Luque enfrentava uma crise no casamento há um tempo. Ele teve problemas com a família por causa da mulher. Segundo fontes do UOL, a irmã, Dani Luque, que era empresária, foi demitida da empresa por problemas com a então esposa do irmão, e os pais dele foram afastados dos negócios após a ida dele para a Globo, em 2016. Com pouco mais de 66 mil seguidores no Instagram, Flávia é formada em Turismo e sonha em ser famosa e ter um programa de esportes. A última foto do casal postada no perfil dela foi em janeiro deste ano. Atualmente, Luque faz participações no "Altas Horas" e interpreta Nerso da Capitinga na "Escolinha do Professor Raimundo".

ACORDO MILIONÁRIO PARA SAIR DA GLOBO 






Quase quatro meses após deixar a Globo, o jornalista William Waack ainda rende assunto nos corredores da emissora. O mais recente, apurado pela imprensa, aponta detalhes do acordo milionário que a Globo fez com o jornalista para rescindir seu contrato, depois do vazamento de um vídeo em que ele faz comentários racistas. O trecho do vídeo foi captado por um ex-operador de VT da emissora, e exposto em redes sociais. A coluna apurou que o montante que Waack recebeu de “indenização” da Globo pela rescisão foi superior a R$ 3,5 milhões. A emissora teria pago todo o valor do contrato que ainda lhe restava e ainda deu uma espécie de bonificação por ele ter aceito todos os termos do acordo. A estimativa é que o jornalista ganharia só de salário cerca de R$ 130 mil mensais (sem contar outros benefícios). Ele teria ainda cerca de 2 anos de contrato para cumprir. As negociações foram complicadas, conforme imprensa informou em dezembro. A situação piorou ainda mais quando, após o escândalo do vídeo, a Globo voltou a autorizar a entrada do vazador aos estúdios do “Jornal da Globo”, e ele postou uma foto na bancada em que Waack se sentava. Para evitar enfrentar uma desgastante e perigosa ação judicial milionária de Waack --que era muito querido e respeitado por toda a direção da casa- a Globo optou em um tipo de “acordo silencioso”. Pelo documento assinado entre as partes, nem ele e nem a emissora podem voltar a questionar o assunto nas esferas jurídicas do Trabalho ou Cível. Também ficou acertado que nenhuma das partes pode comentar o acordo assinado.



Fotos e fonte : Site Área Vip - Site UOL - Jornal Extra