DIA

Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

Colunista Ariel Villanova - Quadro Rádio Ondas FM - Notícias das Redes Sociais de 23 de Maio

Thaeme, da dupla com Thiago, estava esperando seu primeiro filho com o marido, o empresário Fábio Elias. O que noticiamos ontem aqui em nosso programa. Mas nesta quarta-feira (23), a cantora usou seu Instagram, para contar a triste notícia de que perdeu o bebê e fez um post emocionante.
Confira:

“Acredita em anjo? Pois é, ela agora virou o nosso! É com grande tristeza e susto que infelizmente comunicamos que nosso anjinho não resistiu aos 3 primeiros meses! Recebemos a triste notícia que seu coraçãozinho parou de bater, sem explicações médicas até agora, sem sinais, sem avisar … Nós já sabíamos quão frágil é uma gestação nas 12 primeiras semanas, por isso a gente gostaria de ter aguardado esse tempo para contar a todos…enfim, fugiu do nosso controle, e receber a notícia da perda um dia depois de ter anunciado a glória para todos foi MUITO mais difícil… Deus sabe o que faz e a nossa fé e confiança nEle sempre será maior que toda tristeza que sentimos na nossa alma nesse momento… Uma dor que somente quem já passou por isso pode entender. Seguimos em frente acreditando e buscando fé nos refezes da vida, confesso que não é fácil, sou humana e estamos abalados. Vou confiar que Ele sabe de todas as coisas! Obrigada pela torcida, pelo respeito e pelo amor! Talvez a notícia veio antes da hora justamente para eu ter o carinho de vcs nesse momento! O sonho continua e agora com um anjo especial cuidando da gente… Nosso anjo iluminado que carrega um pedacinho meu!”, escreveu a loira.

CANTOU COM UM COBERTOR?

A notícia de que o cantor Gusttavo Lima não suportou o frio de 7°C da cidade de Santa Juliana, interior de Minas Gerais, tendo de recorrer a um cobertor para terminar a apresentação sem morrer de frio não é tão dramática quanto seu título sugere. O que de fato a aconteceu no evento ocorrido na Expoju, na noite deste domingo (20): Lima ofereceu sua jaqueta a uma criança chamada por ele ao palco após perceber que ela chorava descontroladamente na plateia. Em seguida, diante de um ídolo exposto ao relento, uma fã que se esquentava com um cobertor cor-de-rosa nas primeiras fileiras decidiu arremessá-lo ao palco. Bem-humorado, Gustavo Lima pegou o cobertor, brincou com a situação pitoresca e, em seguida, cantou uma música enrolado nele, devolvendo-o à plateia logo na sequência. A foto ganhou as redes sociais e viralizou pelo inusitado. Teria então o sertanejo passado frio depois disso? Nem um pouco. Rapidamente sua equipe de palco se apressou para providenciar uma segunda jaqueta, que seria usada por ele até o fim apresentação. A versão foi confirmada pela assessoria do cantor.


QUERO MUDAR DE NOME, NÃO AGUENTO MAIS.


"Durante muitos anos, a sra. Dilma viveu tranquilamente com seu nome. (...) Em 2015, com o processo de impeachment, cresceram a rejeição e o ódio em relação à presidenta e ao Partido dos Trabalhadores. A partir de então, as brincadeiras passaram a ser mais frequentes e menos lúdicas. A sra. Dilma, que à época trabalhava em uma instituição bancária, enfrentava deboches constantes dos colegas de trabalho e, em diversas situações, clientes se recusaram a ser atendidos por ela. Tudo porque se chama Dilma." Esse é um dos trechos de uma ação que corre em segredo de Justiça na 3ª Vara Cível, em São Miguel Paulista (zona leste de São Paulo). Nela, Dilma P., de 37 anos, homônima da ex-presidente, pede a mudança de seu nome por ser vítima de "bullying".

Esse é um dos trechos de uma ação que corre em segredo de Justiça na 3ª Vara Cível, em São Miguel Paulista (zona leste de São Paulo). Nela, Dilma P., de 37 anos, homônima da ex-presidente, pede a mudança de seu nome por ser vítima de "bullying"

Dilma P. diz que "nunca gostou" do nome de batismo, mas que nunca havia pensado em mudá-lo até o impeachment da petista. "Nunca gostei do meu nome. Queria ter um nome mais popular, mas nunca pensei na vida em trocá-lo. Quando Dilma se tornou presidente, meu nome passou a ser mais conhecido e as pessoas diziam se tratar de um nome diferente. Ficavam surpresas que eu tinha o mesmo nome da presidente", conta. "Mas o impeachment chocou o país. Quando falo meu nome, todo mundo se lembra de Dilma e as piadas começam. Ninguém quer ser comparado a alguém que ficou marcado pela corrupção", completa. Atualmente desempregada, ela conta que, em seu antigo trabalho, como analista de relacionamento de um banco durante dois anos, tinha de conversar com clientes via telefone e bate-papo online. Chegou, inclusive, a pedir ao supervisor para mudar o nome. Diante da negativa, precisou criar um "roteiro" para evitar ser alvo de zombaria. "Um cliente chegou a me dizer que, se eu estivesse diante dele, me mataria. Outro falou que não queria ser atendido por mim. "Certa vez estava participando de uma dinâmica de grupo. O recrutador pediu para que cada um dissesse seu nome. Quando chegou à minha vez, a sala inteira deu risada. Me senti péssima. Para piorar, o próprio recrutador brincou: 'Nossa, até a senhora procurando emprego, presidente? O negócio está feio, mesmo!'", diz. Por isso estou tentando mudar meu nome na justiça para manuela. Acho que ela vai ter problemas no futuro, pois na politica existe a Manuela D'avila do PC do B.



Até a próxima 



Estamos:
-Rádio Ave Maria - de Seg. à Sexta -  08:00hs às 10hs - 87,9 - Música e Notícias gerais( Muita informação na sua manhã - Notícias Gerais - Tempo -Trânsito)
-Rádio Ondas FM - De Seg. à Sexta - 12:30hs às 16hs - 97,7 - Muita música e também notícias.
(Notícias Gerais - Tempo - Policiais - Trânsito - Redes Sociais)Caso deseje ouvir, fora da região entre e acesse no Google - Rádios Net - no aplicativo, coloque para procura o nome da rádio.

Precisando de mim é só chamar no "Facebook"




Ariel Villanova
O seu amigo de todos os dias


Fotos  : Área Vip
Fonte : Site Área Vip - Site UOL - Jornal Extra - Google - TV Foco - O Fuxico